Elizabeth acabou de perder seus pais para uma peste que assolou sua cidade. Ela passa a morar no castelo do Rei e, em troca pela hospedagem, ela trabalha na cozinha do castelo. E é lá que ela conhece Caleb, um rapaz que tem grandes ambições em sua vida. Ele pretende ser Caçador de Bruxos e servo leal de Blackwell, o inquisidor do reino. É ao lado de Caleb que Elizabeth passa por todo o treinamento e testes existentes para tornar-se uma Caçadora de Bruxos. ela é tão boa que termina os estudos em segundo lugar, só perdendo para seu amigo.

Um dia, ela é pega com ervas que são consideradas suspeitas e é presa, acusada de traição por praticar feitiçaria. Na prisão, ela é acometida de uma febre forte e insistente, fazendo com que suas esperanças de fugir da morte ou de que Caleb a ajude a sair dali vão diminuindo. Quando ela menos espera, ela é libertada por ninguém menos que o mago mais procurado do reino.

Aos cuidados do mago ela acaba conhecendo o outro lado do que ela julgava ser sua realidade. Assim, ela entende a perspectiva daqueles que lutam para que a magia seja permitida no reino, repensando tudo que ela já fizera até ali por conta de sua lealdade ao Rei. Nicholas, o mago que a libertou, precisa de sua ajuda, e Elizabeth precisa da ajuda dele. Agora que ela é uma criminosa procurada, Caleb e o inquisidor não descansarão até capturá-la.

Pense em uma protagonista forte e destemida, pronta para o que der e vier. Essa é Elizabeth. Ela descobre a importância da amizade ao mesmo tempo que começa a descobrir seu futuro, e é incrível acompanhar a protagonista em sua jornada. Pronta para desbravar o que lhe for imposto, ela se constrói e reconstrói de acordo com a necessidade, entendendo que sua vida não está em um caminho garantido por completo.

Não sabia o que esperar e me surpreendi positivamente com essa história passada na era medieval, com muito suspense e aventuras incríveis. A escrita de Virginia é muito envolvente, e é impossível largar o livro antes de acabar a leitura. Recomendo para todos que amam uma fantasia histórica.